• Leo

    Acredito que a palavra “ignorância” deveria ser substituida por “inocência”.
    Sério, eu comecei a ler o artigo e fiquei triste; Pensei: “a que ponto as pessoas chegaram?”

    Grato.

  • Raony

    A coisa mais estúpida que eu já lí na minha vida. Pra que complicar coisas simples? Pra que criar regras desnecessárias?

  • http://twitter.com/felipeafcunha Felipe Cunha

    Ri alto quando li. Ri mais alto ainda quando mostrei pra uma amiga e ela ficou vermelha achando que estava fazendo propostas ousadas. (ela é loira natural)

  • Akhenaton

    Discordo sobre o ‘primo’ não ser parente – não há nada de ‘fino’ putaria entre família. Um(a) primo(a) tem a mesma semelhança genética de uma neta. Pergunto: alguém comeria a própria NETA!??

    Sobre à posição ‘de 4′, apenas faz uma assertiva sem o menor esclarecimento do porque da restrição. Qual a lógica disso?? Seria um jeito de ‘dar’ sem sentir que está dando!?? Não tem como entender…. ou ‘dá’ ou não ‘dá’, ora bolas.

  • Silver_Dark

    eu leria o livro

  • Pingback: Sorria, meu bem! =) « rKXs

  • Anónimo

    ahuhauahuhuhu essa foi foda ri demais!